A Rede de Intervenção na Violência Doméstica de Sever do Vouga assinalou o quinta aniversário, no passado dia 5 de Dezembro, com um workshop dirigido às forças de segurança que decorreu na Biblioteca Municipal. O encontro contou com uma boa adesão com a participação de militares do destacamento de Águeda, do Comando de Aveiro, destacamento de Anadia e de Ovar.

As boas-vindas foram dadas por António Coutinho que teceu elogios ao trabalho desenvolvido pela RIVD ao longo de cinco anos. O Presidente da Câmara falou da violência doméstica um problema que considera “cada vez mais atual”, garantindo que a autarquia está preocupada com estas áreas. “Remos que estar preparados para os combater (problemas)”.

Também Inês Silva falou da importância de estarmos atentos aos casos da violência doméstica, um papel que a RIVD tem assumido nos últimos anos. “Para além do atendimento e do acompanhamento à vítima, temos como objetivo sensibilizar a comunidade geral e os técnico”. É neste sentido que surge mais um workshop. Depois de workshops direccionado a profissionais de saúde e à comunidade geral, desta vez a RIVD chega aos agentes de segurança. “Entendemos que, para além dos profissionais de saúde, são a primeira porta de entrada a que a vítima se socorre e que pede ajudar de forma direta ou indireta”, destaca a enfermeira.

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga