“Maneiras de Sever” foi uma das iniciativas apresentados no XV Congresso Internacional de Cidades Educadoras. O projeto de design de inovação social foi apresentado durante o encontro que decorreu em Cascais, de 13 a 16 de Novembro. A organização do projeto foi convidada a partilhar a sua experiência enquanto exemplo educativo e pedagógico para motivar os jovens estudantes a dar a conhecer o concelho de Sever do Vouga à sociedade, através de produções artísticas e trabalhos inéditos, que são expostos em cada edição. O convite é assim sinónimo de reconhecimento. O que se faz em Sever do Vouga foi, assim, partilhando com o mundo.

«Este projeto pretende criar um sentimento de pertença e de gosto dos jovens pela sua terra, e esse trabalho deve ser iniciado com os mais novos, para que, quando forem adultos, se tornem, também, nos principais embaixadores da sua terra», recorda Edite Matos, presidente do Conselho de Administração da Fundação Mão Amiga. «Esta é uma forma criativa de mostrarmos aos nossos jovens a riqueza cultural e a história da nossa terra, e evidenciar as potencialidades e qualidade de vida que o concelho lhes pode oferecer».

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga