Contagem decrescente para mais uma Festa da Eiras. Nesta que é já a décima primeira edição do certame, o desfio é o mesmo de sempre, levar os visitantes numa viagem pelas tradições, costumes e sabores. Esta mostra de cultura, gastronomia e artesanato decorre de 13 a 16 de Setembro. É uma organização da União de Freguesias de Cedrim e Paradela, em colaboração com a Associação de Apoio Social e Humanitário Cedrinense que espera voltar a atrair centenas de pessoas ao Largo das Eiras.

Mais uma vez, o povo cedrinense vai mostrar como sabe bem receber. O Largo das Eiras será, mais uma vez, o pano de fundo perfeito para recordar o tempo dos nossos avós em que, por exemplo, a desfolhada era sempre sinónimo de convívio e gargalhadas fartas. Esta tradição será recriada no recinto, num momento sempre, muito aplaudido. As tradições dão as mãos à gastronomia. Também à mesa, Cedrim vai provar o seu valor e apresentar quatro pratos com tradição na freguesia. Guisado no forno (quinta-feira), rojões (sexta-feira), vitela no forno (sábado) e grelhados (domingo) são propostas que prometem deixar água na boca. Há ainda um cartaz diversificado que torna Cedrim paragem obrigatória ao longo de quatro dias.

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga