No próximo dia 16 de Novembro, o Centro das Artes do Espectáculo de Sever do Vouga comemora 16 anos. Um aniversário especial já que, como dizem na gíria, “casam-se os anos”, o que só pode ser um bom presságio, ainda mais, quando verificamos que, mais uma vez, este espaço aposta numa programação muito especial e gratuita. Estivemos à conversa com a responsável do equipamento, Brígida Alves que nos faz a antevisão de três dias de festa, mas também o balanço do percurso que o CAE tem percorrido. Este ano, o aniversário do CAE assinala-se em quatro momentos distintos. Uma programação variada que, mais uma vez, tem a ambição de chegar a todos os gostos e idades. "

First Breath After Coma, no sábado, dia 18 de Outubro, às 21h30 é dos momentos mais aguardados. A entrada é livre. O espectáculo está inserido no ciclo Outonalidades.

Nesse mesmo sábado será apresentada uma Manta de Retalhos, construída pelos severenses. Caso para dizer que a união faz a força. Cada retalho conta uma história, representa alguém. “Esta ideia surgiu do desafio lançado à Maria de Lurdes Costa para que pensasse em propostas em que trabalhássemos os elementos do património e da cultura popular com pessoas da comunidade. Sendo a tecelagem um dos elementos do artesanato local, a Maria sugeriu criarmos uma manta de retalhos como se de histórias se tratassem. Vamos ver o que vai dar”, antecipa Brígida Alves.

As comemorações começam logo no dia 16 de Novembro, com “Sombra” de Aldara Bizarro. O espectáculo de música e dança terá três sessões, duas para o público escolar, nos dias 16 e 17 de Novembro. Há ainda um espectáculo para o público em geral, também no dia 17 de Novembro, pelas 21h30.

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga.