A FicaVouga é também sinónimo de recordes. No domingo, 30 de Julho, em Sever do Vouga, foi criado o “maior bolo de laranja do mundo, à moda da avó”. Com cerca de tonelada e meia, com 2.33 metros de diâmetro e 46,5 cm de altura esta criação gigante ultrapassou amplamente os objectivos definidos inicialmente e tudo indica que vai mesmo para o livro dos recordes do guiness. Mais importante que essa vitória, contudo, é a causa social. Cada fatia de bolo foi vendida a um preço simbólico. As receitas reverteram integralmente para a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Era um bolo de peso e ao bolo os severenses aderiram em peso. 410 kgs de açúcar, 360 kgs de margarina, 360 kgs de farinha, 7.200 ovos e 300 kgs de laranja resultaram num bolo que não deixou ninguém indiferente. A iniciativa, que contou com a participação da VougaPan e da Confiança, pastelarias severenses, e da Pastelaria Flor de Aveiro, foi acolhida de braços abertos pelos severenses que compraram largas centenas de quilos. Esta iniciativa contou, ainda, com a participação do mestre pasteleiro Pedro Santos, conhecido por produzir o melhor bolo-rei do país. De facto, nem sempre quantidade é sinónimo de qualidade. Mas desta vez foi. O suculento sabor da laranja, a escolha de produtos nacionais, deram um sabor tradicional ao bolo, que numa viagem de sabores, fez lembrar os bolos dos tempos da infância produzidos pelas nossas avós.

Leia a notícia na integra na edição  impressa do Jornal Beira Vouga