De 24 a 27 de Agosto todos os caminhos vão dar a Frossos. Vem aí a primeira edição do Trocópar que vai fundir-se com o já tradicional Frossos Arte e Tradição. Duas iniciativas dão as mãos para acrescentar valor a uma actividade que assim ganha peso e quer vir afirmar-se como um marco local, mas também regional e até nacional.

Com danças de todo o mundo com mais de 70 artistas confirmados. Tudo a postos para o primeiro festival de Dança Trocópar que tem como objectivo principal “divulgar a música e dança tradicionais, dando aos seus participantes a oportunidade de dançar e aprender, jogar, tocar, brincar, passear pela Pateira de Frossos, de se aventurarem em novos espaços com pessoas diferentes das que encontram todos os dias, num ambiente descontraído e agradável”.

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga.

António Loureiro, actual Presidente da Câmara, é recandidato à Câmara Municipal de Albergaria-a- Velha para continua a trabalhar em prol do concelho. Do primeiro mandato faz um balanço muito positivo, defendendo que, em algumas áreas, o actual executivo tem conseguido destacar Albergaria no panorama regional e internacional.

Para os próximos quatro anos, esta candidatura do CDS apresenta cinco pilares centrais: as pessoas; dinamização económica; regeneração e reabilitação urbana; sustentabilidade e eficiência energética e mobilidade. Quanto aos resultados eleitorais António Loureiro espera ver reforçados os resultados obtidos em 2013 e lutar por um “pleno”. Ou seja vencer na Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesia.

Jornal Beira Vouga (BV)- Porque é que decidiu recandidatar-se à Câmara Municipal?
António Loureiro (AL) - Para continuar um trabalho em prol do Concelho, em áreas que estavam há muito esquecidas. Penso que, em determinadas áreas, como o Emprego, a Zona Industrial, a Acção Social, a Cultura, o Desporto, o Turismo e outras, estamos a colocar o concelho de Albergaria-a-Velha no mapa regional e mesmo nacional. Por isso, recandidato-me para concluir os inúmeros projectos em execução, bem como para pôr
em prática outros que estão já programados executar.

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga.

A  segunda edição do Orçamento Participativo de Albergaria-a-Velha já tem vencedores. São seis, mais três do que na primeira edição. O projeto mais votado foi o “EsterelizAnimal”, uma iniciativa que visa esterilizar cerca de 100 gatos e cães que se encontram abandonados, contribuindo para o controlo do número de animais na rua. Os outros projetos englobam a valorização turística e educativa da Pateira de Frossos, a criação de uma rede de transportes urbanos no Concelho (ALBUS), o desenvolvimento de laboratórios de aprendizagem móveis para as crianças do Pré-escolar e do 1.º Ciclo, a criação de um circuito de manutenção na Zona Industrial de Albergaria-a-Velha e a disponibilização de uma parede de Arte Urbana. A cerimónia de apresentação das propostas vencedoras ocorreu no passado dia 24 de Julho, na Biblioteca Municipal, com António Loureiro a fazer um balanço muito positivo.

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga.

 

O Conselho Municipal da Juventude de Albergaria-a-Velha já está constituído. A cerimónia decorreu no passado dia 27 de Julho, na Biblioteca Municipal. O Conselho Municipal da Juventude é um órgão de caráter consultivo sobre matérias relacionadas com a política da juventude que desenvolve a sua ação no Município de Albergaria-a-Velha. Colaborar na definição e execução das políticas municipais da juventude, assegurando a sua articulação e coordenação com outras políticas setoriais; assegurar a audição e representação das entidades públicas e privadas que, no âmbito municipal, prosseguem atribuições relativas à juventude; contribuir para o aprofundamento do conhecimento dos indicadores económicos sociais e culturais relativos à juventude; promover a discussão das matérias relativas às aspirações dos jovens no Concelho; promover a divulgação de trabalhos de investigação sobre a temática; promover iniciativas sobre a juventude a nível local; colaborar com os órgãos do Município no exercício das competências destes relacionados com a juventude; incentivar e apoiar a atividade associativa juvenil e promover a colaboração entre as associações juvenis são algumas das funções deste organismo.

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga.

A pulseira solidária “conVidas” conseguiu angariar cerca de 2 mil euros que vão servir para ajudar as vítimas dos incêndios no centro do país. As receitas da campanha forma entregues aos Bombeiros Voluntários de Albergaria, numa cerimónia, no passado dia 27 de Julho, na Biblioteca Municipal. A iniciativa serviu também para homenagear o voluntariado em Albergaria. Foram entregues mais cartões municipais de voluntariado.

A Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha entregou aos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha as receitas angariadas para as vítimas dos incêndios que vão fazer chegar este valor às pessoas afectas por este flagelo. Recorde-se que a campanha consistiu na venda da pulseira “conVIDAS” que começou na Albergaria conVIDA, mas que depois se estendeu a outras actividades. Os membros do Banco Local de Voluntariado continuaram a vender a pulseira em várias iniciativas nas freguesias do concelho. No total foram vendidas 1888 pulseiras, o que se traduz numa receita de venda de 1888 euros. Entretanto, muitos munícipes têm feito donativos para a campanha; somando estes com a venda das pulseiras. Assim, foram angariados 2144, 99 euros para as vítimas dos incêndios na zona centro do País.

Leia a notícia na integra na edição impressa do Jornal Beira Vouga